Azenha de Santa Cruz

Azenha de Santa Cruz no século XVI
(Proposta de reconstituição: Isabel de Luna
Desenho: José Pedro Sobreiro)

Divulgam-se aqui os resultados das intervenções arqueológicas realizadas entre 2004 e 2007 na Azenha de Santa Cruz – freguesia da Silveira, Torres Vedras – designadamente: escavações arqueológicas,  levantamento arquitectónico e patrimonial, estudo do contexto histórico e reconstituição do imóvel no final da Idade Média.

A investigação permitiu detectar a existência de um concheiro pré-histórico e de uma asa de ânfora romana, dando conta de diferentes ocupações humanas do local, preexistentes à azenha. Foi possível, também, recolher um razoável espólio arqueológico, que oferece um contributo significativo para a história do edifício.

O aprofundado estudo arquitectónico e tecnológico do imóvel permitiu datar a sua construção e reconstituir a sua estrutura e compartimentação originais, bem como o funcionamento dos seus engenhos. Inventariando e analisando rigorosamente as estruturas, detectaram-se os processos de alteração, demolição e reconstrução, concluindo-se que a azenha de Santa Cruz é uma construção orgânica, que tem por base um pequeno núcleo central original, ao qual foram sendo sucessivamente acrescentados novos volumes, articulados entre si, que acabaram por conferir ao conjunto arquitectónico a sua imagem actual. A conjugação da análise dos resultados arqueológicos com o estudo arquitectónico do imóvel permitiu-nos chegar a um modelo de reconstituição do edifício original e das suas diversas etapas evolutivas, tendo ainda sido possível estabelecer um exaustivo historial da sua ocupação centenária.

LUNA, Isabel de e CARDOSO, Guilherme – Azenha de Santa Cruz, Torres Vedras: resultados dos trabalhos arqueológicos, 2004-2007, 2 vols. Torres Vedras: [policopiado], 2008.

Azenha de Santa Cruz – Volume   I (5,78 MB)

Azenha de Santa Cruz – Volume  II (4,44 MB)

© Isabel de Luna e Guilherme Cardoso / 2008
Esta entrada foi publicada em . com as etiquetas , , . ligação permanente.