Chafariz dos Canos – versão 2

Versão ortograficamente actualizada de documento inédito, de 1744, sobre as águas sobrantes do Chafariz dos Canos.

“Licença para o Desembargador António Pedro Machado poder cobrir a água do sobejo do Chafariz dos Canos e encaná-la para o seu quintal obrigando-se ao conserto e limpeza da dita água, em 6 de Janeiro de 1744.

O Juiz Presidente, Vereadores, Procurador do concelho do Senado da Câmara desta vila de Torres Vedras e seu termo cabeça de sua comarca, por Sua Majestade que Deus guarde. A todos os Corregedores, Provedores, Ouvidores, Julgadores, Juízes, justiças oficiais e mais pessoas aonde e perante quem e a cada hum dos quais esta nossa carta de licença em forma for apresentada e o conhecimento dela com direito e direitamente deva e haja de pertencer, e o seu devido efeito inteiro e real cumprimento e execução dela e com ela da nossa parte se lhes pedir e requerer por qualquer modo maneira ou razão que seja, a todos em geral e a cada hum em particular em suas jurisdições, a quem fazemos saber em como nesta vila de Torres Vedras no Senado da Câmara dela nos iniciou a dizer por sua petição o desembargador António Pedro Machado que ele se achava de posse de tempo imemorial de recolher o sobejo da água dos Canos desta vila em tanques das suas casas fronteiras a eles e porque a dita água atravessava a rua pública de contínuo por laje de carruagens e por correr descoberta se faziam muitos lameiros e impossibilitava de gente de pé muito principalmente aos que caminhavam para a rua da Corredoira e aos moradores dela aonde a água desencaminhada por causa das carruagens os fazia grandes em aquela rua o que era prejudicial à saúde dos mesmos moradores como é notório e o fazia o suplicante certo por certidões de médicos, sendo necessário, e não menos era também prejudicial a referida agua às possessões desta vila por todas se estenderem ao mesmo sitio e só por esta razão, havia anos que este Senado pretendeu obrigar ao suplicante a recebê-la coberta o que agora queria executar à sua custa, ficando a rua enxuta com utilidade comum e do mesmo suplicante que o não podia fazer sem nossa licença nos pedir por fim de sua petição lha concedêssemos para o referido visto o que alegava e visto por nos seu requerimento, atendendo a ele e a ser visto direito e conforme, informado do Procurador do concelho e misteres a quem se propôs este requerimento e não tiveram dúvida, mandamos por nosso despacho que se lhe desse e passasse licença para o suplicante cobrir a dita água ficando porém obrigado ao conserto e limpeza do dito cano, e por bem do qual despacho se lhe deu e passou até a presente, pela qual damos licença ao dito desembargador para que possa cobrir e encanar a água do sobejo dos Canos desta vila, ficando porém obrigado ao conserto e limpeza do dito Cano, e mandamos a todos os oficiais de justiça desta vila e seu termo e às mais justiças no princípio desta escritas e declaradas pedimos e requeremos da parte de Sua Majestade que Deus guarde que sendo-lhes apresentada esta nossa carta de licença a cumpram e acordem como nela se contém a qual em cumprimento deixem livremente ao suplicante encanar e cobrir a água de que faz menção para dentro para o seu quintal por quanto por nós assim é mandado. Dada nesta vila de Torres Vedras sob nossos sinais e selo do concelho que é o que ante nós serve, aos dezoito dias do mês de Janeiro de mil e setecentos e quarenta e quatro. João Ambrósio Barreto de Pina que o escrevi.
 
João Ant.º Peixoto de Figueiredo
Dionísio José Barreto
Jacinto Correia de Mesquita.
Ao selo – Paga 6 réis.
Torres Vedras 30 de Janeiro de 1744
João de Figueiroa Rêgo”.

© Isabel de Luna / 2009
Esta entrada foi publicada em . com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s